Você sabe comer?

Você sabe comer?

Comer com atenção plena faz toda a diferença na quantidade que comemos, na mastigação, digestão e absorção dos nutrientes.

Antes de preparar seu prato, observe seu grau de fome. Perceba a quantidade e qualidade da comida que colocou no prato. Em média, 20 min é um tempo bom para realizar a refeição, mastigar bem e ter uma boa digestão e não se sentir estufado.

Importante já incentivar essa percepção aos pequenos também. Comer quando tiver fome, não precisa raspar o prato, precisa comer até se sentir satisfeito. Sempre que possível promova a autonomia do seu filho, assim ele terá mais controle alimentar.

Concentrar a atenção no momento presente, no ato de comer, sem distrações, como telas e brinquedos, para que toda a experiência e estímulo sejam aproveitados, para que sinta o sabor de cada alimento e a percepção da saciedade.

Nas refeições em casa, capriche na arrumação da mesa, convide seu filho para essa atividade, escolher a toalha, colocar os pratos e talheres, temperar a salada, fazer um suco, tenha a felicidade como convidado especial e aproveite a refeição como um acontecimento especial.

Para algumas famílias pode ser benéfico e fazer sentido colocar uma música agradável, e /ou fazer um agradecimento pelo alimento (valorizar o caminho percorrido ao alimento até seu prato).

Comer envolve todos os sentidos, então explore essas sensações:
Visual: observe as cores dos alimentos e como a aparência da comida estimula o apetite
Tato: deixe as crianças pegarem nos alimentos, comer com as mãos. Essa sensação é muito estimulante
Olfato: feche os olhos e sinta o cheiro da sua comida, observe como sua boca se enche d’agua
Paladar: feche os olhos e sinta o gosto a cada mordida/ garfada. Observe as sensações.

Mais importante do que comer, é como comer!

Texto de autoria da Nutricionista Michele Chibior

Deixe uma resposta